domingo, 28 de fevereiro de 2010

Celulite - um problema universal!

É fato: toda mulher se preocupa com o aparecimento da celulite. Umas mais, outras menos, mas a celulite É uma preocupação. Lendo o livro “Cellulite: Pathophysiology and Treatment” me dei conta que alguns detalhes sobre a celulite são desconhecidos, e por isso resolvi fazer uma pequena séries de posts sobre a celulite.

Para começar, algumas informações básicas sobre a celulite:


Como se forma a celulite?

Inicialmente ocorre uma alteração na junção (no esfíncter) entre a arteríola e os capilares sanguíneos da pele levando a uma alteração na permeabilidade vascular. Os capilares são os responsáveis pela irrigação da pele e as arteríolas são vasos sanguíneos que trazem o sangue até esses capilares. Ocorre então uma ectasia capilar, onde os vasos sangüíneos dilatam, o que permite a passagem de líquido para as células adiposas (hipoderme), levando a formação de um edema.
Esse edema causa modificações metabólicas. Essas alteraççoes metabólicas fazem com que o colágeno se disponha ao redor das células do tecido adiposo formando micronódulos. A união desses micronódulos leva a formação de macronódulos, que resultam na formação de escleroses (endurecimento de tecidos).

Anatomicamente, as alterações cutâneas encontradas na celulite são em grande parte devido à fibrose do tecido conjuntivo (gerada pela deposição errática do colágeno) presente na derme e / ou no tecido subcutâneo. Lóbulos de gordura subcutânea são separados um do outro por finos, geralmente rígidos, fios de tecido conjuntivo que atravessam a camada de gordura e se conectam a derme (camada subjacente). Estes “fios teciduais” estabilizam o tecido subcutâneo que dividem a gordura. Quando ocorre uma esclerose nesse tecido (devido a formação dos macronódulos com colágeno) há um encurtamento dos septos (tecido conjntivo) e devido à isso, ocorre uma retração, causando as depressões na superfície da pele que são característicos da celulite.


Porque mulher tem mais celulite que homem?

Nas mulheres os septos fibrosos são geralmente orientados perpendicularmente em relação à superfície cutânea, enquanto nos homens essa orientação tem um padrão cruzado. Vários estudos têm demonstrado que a gordura é dividida em lóbulos, e que nas mulheres, estas são maiores e mais retangular, quando comparados com as dos homens.
Além disso, uma das mais prováveis causas para o aparecimento da celulite é a presença de estrógeno. Esse hormônio é predominante em mulheres, enquanto que em homens sua presença se da em menor concentração. Fato que reforça essa teoria é que a celulite começa a aparecer quando as mulheres entram na puberdade (fase onde aumenta a produção de estrógeno).


Porque pessoas de pele negra tendem a ter menos celulite?

O extrato córneo da pele negra contém mais camadas de células do que na pele branca, porém a espessura é igual. Dessa forma o extrato córneo da pele negra é mais compacto, provavelmente por maior coesão intercelular
Além disso, o diferente conteúdo de melanina e o diferente padrão de dispersão dos melanossomas da pele negra ocasionam uma proteção frente ao sol maior para esses indivíduos, que costumam ter pele mais firme e mais lisa do que a de indivíduos brancos da mesma idade.
Essa maior firmeza e coesão celular da pele negra impedem que a retração das escleroses formadas na celulite apareçam facilmente na superfície da pele.


Nos próximos posts vou falar sobre:
- Fatores desencadeantes
Lipedema e Linfolipoedea, lipodistrofia: o que são e como estão relacionados à celulite.
A postura influencia? A alimentação influencia? Exercícios físicos ajudam?
- Tratamentos: prós e contras

Se você tiver mais dúvidas a respeito do assunto mande para que eu possa enriquecer mais os posts!!!


Literaturas interessantes:

Cellulite: Pathophysiology and Treatment,
       Edited by Mitchel P. Goldman, Pier A. Bacci, Gustavo Leibaschoff, Doris Hexsel, Fabrizio Angelini, 2006.

Abordagens no estudo do envelhecimento cutâneo em diferentes etnias
       Rev. Bras. Farm., 88(2): 59-62, 2007.

Dermatologia na pele negra
       An Bras Dermatol.2008;83(1):7-20.

Um comentário:

" Maíra Perrout " disse...

Olá, sou a Maíra do Grupo EC,

Temos uma proposta de parceria para rentabilizar seu site através de plataforma de e-mail marketing.

Por favor entre em contato das 9 as 17:30 pelos canais abaixo:

Tel: (11) 3207-6000 ramal 24
E-mail: maira.reis@grupoec.com.br

Aproveite e acesse nosso site www.grupoec.com.br para ver nossos anunciantes.

A Estrutura da Pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, composta por três camadas: a epiderme, a derme e a hipoderme (camada mais interna de tecido adiposo). Ela atua como uma barreira protetora, prevenindo a perda de água e bloqueando a entrada de agentes exógenos.
Epiderme: é constituída de várias camadas de queratinócitos (células responsáveis pela produção de queratina) em diferentes estágios de maturação. Essa é a camada responsável pela prevenção da desidratação das demais camadas. Na epiderme está o extrato córneo, que é a parte mais externa da epiderme. O extrato córneo é a barreira protetora contra a penetração de substâncias estranhas ao corpo.
Derme: é um tecido elástico e resistente que proporciona resistência física ao corpo inteiro. Essa camada fornece os nutrientes para a derme e é formada por células como fibroblastos, granulócitos, colágeno, elastina, glicosaminoglicanos e glicoproteínas.


A Estrutura do Cabelo

O fio de cabelo é formado pelos seguintes componentes: a cutícula, o córtex e a medula.
Cutícula: é constituída por proteínas, é parte mais externa do fio, sendo responsável pela proteção das células do córtex. É a camada cujas propriedades estruturais servem de proteção contra influências externas, ela é responsável pelo ingresso e egresso de água, o que permite manter as propriedades físicas da fibra. É formada por células escamosas de queratina que se sobrepõem umas as outras, lembrando escamas de peixe, formando uma cobertura.
Cortex: ocupa a maior área seccionada do fio (75 %) e é constituído por células ricas em ligações cruzadas de cistina (enxofre) e células rígidas separadas uma a uma por uma membrana celular. O córtex é formado por macrofibrilas de queratina alinhadas na direção do fio. Distribuídos aleatoriamente no córtex estão os grânulos de melanina cujo tipo, tamanho e quantidade determinam a cor do cabelo.
Medula: No interior do córtex está localizada a medula, porém esse componente pode estar presente ou ausente ao longo do comprimento do fio.