sexta-feira, 15 de julho de 2011

Curiosidade: xampu roxo!?!

É engraçado né! Todo mundo olha aquele xampu extremamente azulão meio roxo e se pergunta: Nossa.... será que isso funciona? Porque essa cor bizarra? Certo que é só pra marketing!
A resposta é SIM, funciona, e NÃO, não é só marketing! Isso é química pura!
Pra quem não sabe, as cores básicas tem as suas cores ditas complementares ou opostas. Na ciência das cores, duas cores são chamadas complementares se, quando misturadas, produzem o preto, o branco ou alguma graduação de cinza. Nos sistemas de cores mais perceptíveis, o branco está no centro do espectro e as cores complementares se situam uma ao lado oposto da outra. Um exemplo clássico de complementares/ opostas seria o preto e branco.

Agora você sabe qual a cor complementar do amarelo? Não? Nem desconfia? Azul! Sim!
Pois é, para neutralizar um amarelo muito forte é necessário utilizar um azul turqueza, assim como para neutralizar um vermelho muito forte a gente precisa usar um verde! Bizarro mas real!

Na internet tem umas receitas malucas que indicam usar violeta genciana para neutralizar o amarelado do cabelo. Se você usar demais esse composto (que por sinal é super tóxico) sabe o que acontece com o seu cabelo? Voce neutraliza totalmente o amarelo (loiro) e tem como resultado uma coloração cinza (platinado)!

Os xampus que são vendidos tem uma concentração de corante exata para que o amarelo seja reduzido, mas não a ponto de ser totalmente neutralizado (evita o platinado)!

Legal, né!
Espero que tenham gostado!

bju
Denise

Nenhum comentário:

A Estrutura da Pele

A pele é o maior órgão do corpo humano, composta por três camadas: a epiderme, a derme e a hipoderme (camada mais interna de tecido adiposo). Ela atua como uma barreira protetora, prevenindo a perda de água e bloqueando a entrada de agentes exógenos.
Epiderme: é constituída de várias camadas de queratinócitos (células responsáveis pela produção de queratina) em diferentes estágios de maturação. Essa é a camada responsável pela prevenção da desidratação das demais camadas. Na epiderme está o extrato córneo, que é a parte mais externa da epiderme. O extrato córneo é a barreira protetora contra a penetração de substâncias estranhas ao corpo.
Derme: é um tecido elástico e resistente que proporciona resistência física ao corpo inteiro. Essa camada fornece os nutrientes para a derme e é formada por células como fibroblastos, granulócitos, colágeno, elastina, glicosaminoglicanos e glicoproteínas.


A Estrutura do Cabelo

O fio de cabelo é formado pelos seguintes componentes: a cutícula, o córtex e a medula.
Cutícula: é constituída por proteínas, é parte mais externa do fio, sendo responsável pela proteção das células do córtex. É a camada cujas propriedades estruturais servem de proteção contra influências externas, ela é responsável pelo ingresso e egresso de água, o que permite manter as propriedades físicas da fibra. É formada por células escamosas de queratina que se sobrepõem umas as outras, lembrando escamas de peixe, formando uma cobertura.
Cortex: ocupa a maior área seccionada do fio (75 %) e é constituído por células ricas em ligações cruzadas de cistina (enxofre) e células rígidas separadas uma a uma por uma membrana celular. O córtex é formado por macrofibrilas de queratina alinhadas na direção do fio. Distribuídos aleatoriamente no córtex estão os grânulos de melanina cujo tipo, tamanho e quantidade determinam a cor do cabelo.
Medula: No interior do córtex está localizada a medula, porém esse componente pode estar presente ou ausente ao longo do comprimento do fio.